Foco: Decisão.

Você deve se lembrar de alguns ensinamentos gramaticais como os sinais que usamos na hora de escrever.

Por que estamos falando disso? O que os cuidados faciais têm com esse item da gramática?

Conta-se que uma professora conversando com uma jornalista sobre algumas notícias que ouvia, estabeleceu um questionamento sobre a vírgula, cuja posição ao ser colocada seja na escrita ou falada, mudava o sentido completo da notícia. E citou alguns exemplos, como o de um soldado que gostaria de lutar no Vietnã. Ele foi se aconselhar com um velho combatente da segunda guerra mundial e perguntou?

Devo ir para essa guerra?

Ele disse: Vai não, morrerás na batalha.

Ficou meio triste e foi se aconselhar com seu chefe que o considerava um jovem corajoso, com boas estratégias, destemido. Fez a mesma pergunta.

Ficou surpreso com a resposta: Vai, não morrerás na batalha. 

Entendeu o que uma pausa, como a vírgula pode influenciar nossa decisão? Transpondo isso para nossos cuidados faciais, vamos fazer algumas colocações.

Então, a questão da pausa, não é apenas para os cuidados faciais, mas para as diversas decisões que temos que tomar no nosso dia a dia.

Um bom exercício quando você quiser decidir algo, copie os exemplos do vídeo e relacione com o que você está planejando fazer. Pode ser as mesmas frases, elas são genéricas.

Vou deixar a frase para você colocar a vírgula e sua decisão será tomada em relação ao melasma.

Se a pele soubesse o valor que tem o melasma talvez mudaria de cor.

Para entender melhor, assista ao nosso vídeo aqui.